Tag: Blockbuster

Filme estreia no dia 26 de abril. (📷 Marvel Studios / Divulgação)

A rede Cinépolis, maior operadora de cinemas da América Latina e segunda maior do mundo em ingressos vendidos, iniciou ontem, dia 19 de abril a venda do combo criado exclusivamente para o lançamento do longa Vingadores: Guerra Infinita.

O combo será composto por um balde de pipoca exclusivo no formato da cabeça do Homem de Ferro e dois copos de refrigerante.

A pré-venda de ingressos para Vingadores: Guerra Infinita já começou na rede, inclusive, o filme estará disponível nas salas IMAX e 4DX do Cinépolis JK Iguatemi, ambas, com projeção 3D.

O filme Vingadores: Guerra Infinita promete ser o maior evento da Marvel nos cinemas até o momento. O longa-metragem unirá todos os heróis do Universo Cinematográfico da Marvel em uma batalha contra o lendário vilão Thanos. O filme terá mais de 60 personagens, contando com os já conhecidos dos fãs.

O elenco vai ser formado pela unificação dos atores e atrizes deVingadores: A Era de Ultron, Guardiões da Galáxia Vol. 2, Homem-Aranha: De Volta ao Lar, Doutor Estranho, Thor: Ragnarok e dos mais recentes Pantera Negra e Homem-Formiga e a Vespa. Esse será o filme mais longo de todo o Universo Cinematográfico da Marvel.

O filme tem direção dos irmãos Russo, Anthony e Joseph, e roteiro de Christopher Markus e Stephen McFeely (equipe que trabalhou em Soldado Invernal e Guerra Civil).

Confira o combo:

Assista ao trailer: 


Para mais informações e compra de ingressos, acesse:http://www.cinepolis.com.br

Novo capítulo da franquia chega aos cinemas brasileiros em junho. Pré-venda de ingressos começa em 17 de maio. (📷 Universal Pictures / Divulgação)

Nostalgia, ação e aventura são os destaques do último trailer de Jurassic World: Reino Ameaçado (Jurassic World: Fallen Kingdom), lançado mundialmente hoje pela Universal Pictures

Baseada na icônica Jurassic Park, de Steven Spielberg, que completa 25 anos em 2018, Jurassic World: Reino Ameaçado resgata o clima de uma das franquias mais populares e queridas do cinema. Agora, com Chris Pratt e Bryce Dallas Howard como protagonistas, o filme traz de volta o personagem Dr. Ian Malcolm, de Jeff Goldblum.

Dirigida por J.A. Bayona, a produção é uma parceria com a Amblin Entertainment, e traz Steven Spielberg como produtor executivo, ao lado de Colin Trevorrow – responsável pela direção de Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros, uma das bilheterias mais expressivas de 2015 com mais de R$ 90 milhões em renda, somente no Brasil.

Além de Pratt, Howard e Goldblum, o elenco é também estrelado por James Cromwell, Ted Levine, Justice Smith, Geraldine Chaplin, Daniella Pineda, Toby Jones, Rafe Spall e BD Wong. A estreia está marcada para 21 de junho de 2018.

Confira o cartaz:

Assista ao trailer: 


Quando Guillermo del Toro assume um projeto, as expectativas dos fãs são elevadas, afinal o diretor raramente deixa estúdios e produtores interferirem no seu trabalho. Por esta mesma razão, ele sempre perde algumas oportunidades em Hollywood.

Em Círculo de Fogo (Pacific Rim) lançado em 2013, as expectativas foram alcançadas. O filme tem tudo o que o espectadores querem ver quando se fala de monstros: batalhas épicas, aventura, e o frio na barriga de ver criaturas tão gigantescas em tela. Uma sequência é anunciada e o diretor mexicano aparece apenas como produtor. Eis que o sinal de alerta é tocado.

📷 Divulgação / Universal Pictures

Círculo de Fogo: A Revolta (Pacific Rim Uprising) é dirigido por Steven S. DeKnight (este é seu primeiro longa-metragem) e narram os eventos que acontecem dez anos após a grande guerra entre Kaijus e Jaegers. O planeta vive uma aparente harmonia, ainda que o lado marginal exista. E neste lado marginal vive Jake Pentecost (John Boyega), filho de Stacker Pentecost (Idris Elba), um promissor piloto que não segue os passos do pai e vive no mundo do crime. Quando uma ameaça desponta, ele é recrutado por sua irmã Mako (Rinko Kikuchi) para ajudar a salvar a Terra.

Tudo o que o público espera de um filme com essa premissa é muita porradaria entre gigantes, destruição e diversão. O grande pecado desta sequência é estabelecer novamente tudo o que já havia sido falado ou mostrado no primeiro filme. O longa apresenta um cara rebelde que precisa novamente ser recrutado, o público precisa aprender novamente que os jaegers são controlados principalmente por pessoas que tem equilibro emocional, e outra vez flashbacks de infância perturbam um personagem em momentos cruciais, neste caso a adolescente Amara Namani (Cailee Spaney), órfã com habilidades especiais que conhece de maneira autônoma o submundo dos jaergers piratas. Soa muito familiar, não é mesmo?

📷 Divulgação / Universal Pictures

A primeira parte do filme perde tempo demais com essa trama. O núcleo adolescente criado para estabelecer os novos pilotos não convence e os kaijus são mostrados de maneira muito escassa. Há diálogos caricatos, para não dizer muito ruins, que tentam dosar humor em momentos que obviamente não encaixam. Vale dizer que a maneira que o real vilão é apresentado é eficaz mas acontece tarde demais e quase de maneira piegas. A tal da revolta do título é confusa e sem muito a dizer. Fato é que inventaram subtramas demais.

Outro exagero é a parte técnica. Ela é competente mas desta vez parece que a poluição visual tomou conta das batalhas. Muita destruição, pouco entendimento em tela e a grandiosidade outrora vista, nem de longe, parece dar as caras.

📷 Divulgação / Universal Pictures

Círculo de Fogo: A Revolta, é um filme que em nada lembra seu antecessor, tem um roteiro absurdamente confuso, personagens descartáveis, poucas aparições das “estrelas” que são os kaijus, nem o carisma de John Boyega (Star Wars: Os Últimos Jedi) conseguiu angariar simpatia. Fica claro que haverá um terceiro episódio dado o encerramento convencional. Porém a pergunta que fica é: sem Guillermo del Toro a franquia Pacific Rim conseguirá sustentar-se? Este segundo episódio deixou dúvidas e preocupações de que futuros filmes sejam vistos apenas como um derivado de Transformers, e isso seria muito triste.

O  filme estreia nos cinemas brasileiros no dia 22 de março, produzido e distribuído pela Universal Pictures.

Assista ao trailer: