Pra quem não sabe, esse filme foi filmado em 70mm (largura do filme). Normalmente, os filmes são filmados no estilo 35mm. Os filmes em 70mm funciona (sendo didática e direta) como uma foto panorâmica, isto é, há um retângulo mais comprido que o comum, o que permite colocar mais coisas dentro de um plano sem ter que tomar uma distância maior que poderia criar espaços negativos (o que não é o objeto principal, o que está ao redor, em termos fotográficos) não desejáveis.

Mas por que o Taranta fez isso num filme que se passa a maior parte do tempo dentro de uma taverna?

Porque ele quer que o espectador preste atenção em todos os personagens em cena, no que eles estão fazendo, onde estão, suas expressões. Isso contribui para a construção do clima paranóico do filme. Você está o tempo todo desconfiando dos personagens, então deve estar atento a eles.

No Brasil não temos como projetar em 70mm desde 1993, o que estraga nossa experiência cinematográfica com o filme, mas vemos tudo lá na cena: um closeup e duas pessoas ao fundo. As coisas estão lá!

Pra mim o melhor trabalho recente dele. Trilha linda (Ennio Morricone) diálogos maravilhosos, o cara é foda em roteiro mesmo, mas isso tudo já era sabido!

Uma curiosidade: as lentes utilizadas em hateful8 são as mesmas utilizadas em Ben-Hur (1959). Não o mesmo tipo, AS MESMAS!

Outros filmes em 70mm:
Ben Hur, 2001- Uma Odisseia no Espaço, Lawrence da Arábia.