Antes que você, fã do cinema nacional e do gênero comédia venha espalhar seu furor pela postagem, eu vou explicar. O Brasil possui um ótimo tom pra comédia, e isso se deve muito às ótimas piadas, feitas pela diversidade da nossa cultura e de que o brasileiro consegue fazer piada de tudo. De verdade, nós somos um dos únicos no mundo que conseguem rir de qualquer situação.

Porém, como todo ou quase todo gênero, alguma hora acaba saturando. Os filmes vão ficando menos trabalhados, o interesse por uma boa história ou boas piadas se perdem e só resta apenas a visão do lucro em si. Não se trata apenas da qualidade dos filmes nacionais, mas também da real necessidade de mais filmes do gênero. Obviamente, existem comédias nacionais que vão na contramão do chamado “mais do mesmo”. Dentre eles, podemos citar o recente Minha Mãe é uma Peça do ator Paulo Gustavo.

Mas então, qual gênero o cinema brasileiro deve investir? Dentre tantos, podemos citar dois que já foram utilizados recentemente:

Drama

Outro gênero cinematográfico que o Brasil se destaca bastante, mas não há tanto investimento é o drama. Muito citam os clássicos Cidade de Deus e a franquia Tropa de Elite, mas acabam esquecendo de outros filmes ótimos. Bingo, o Rei das Manhãs é um deles. (apesar do tom cômico). A história angustiante do intérprete do palhaço Bozo nos anos 80 é incrivelmente representada no filme, e a atuação de Vladimir Britcha é impressionante. O filme, foi muito bem recebido pela crítica e é considerado um dos melhores do gênero no Brasil. Além dele, podemos citar outros filmes bons, como Que Horas Ela Volta? e Aquarius.

Heróis

Recentemente apresentado no filme O Doutrinador, o gênero seria muito bem vindo ao cinema nacional. Sendo tendência e queridinho da maioria dos atores no mundo, o gênero de super-heróis é o que mais dá certo atualmente. Além de ser uma forma de diversificar o cinema nacional, seria interessante conhecermos e passarmos a gostar de heróis que sejam do nosso território, e não só dos EUA. O filme conta a história de um justiceiro que pune políticos corruptos no Brasil. O filme também foi bem recebido pela crítica, e ganhará uma série no Canal Space esse ano.

Tendo isso em mente, é de suma importância que tenhamos filmes nacionais não só de comédia, mas também de outros gêneros. Claro, sempre mantendo a qualidade cinematográfica do produto, independente de qual ele seja.