Depois do fracasso de bilheteira que foi Liga da Justiça, a Warner Bros. decidiu que não seguirá com o universo compartilhado da DC nos cinemas e rebootar todos os filmes ainda planejados no calendário do estúdio.

O produtor do longa, Peter Safran, em entrevista ao JoBlo, confirmou que o novo filme do Esquadrão Suicida não será uma sequência, mas sim um reboot: “Nós não chamamos de Esquadrão Suicida 2 porque é um reboot por completo, então é algo mais como O Esquadrão Suicida. Penso que as pessoas deviam estar bem animadas com isso. É tudo que se espera de um roteiro de James Gunn, o que diz bastante e também promete bastante, mas que acho que ele entregará.”

O novo filme do Esquadrão Suicida está sendo escrito e será dirigido por James Gunn (Guardiões da Galáxia). Rumores apontam que o filme deve trazer apenas dois personagens do filme original, sendo eles a Arlequina de Margot Robbie e o Pistoleiro, que pode ser interpretado por Idris Elba substituindo Will Smith. Entre os novos personagens, os rumores apontam a aparição inédita nos cinemas de Tubarão-Rei, Pacificador, Ratcatcher e Polka-Dot Man e Nevasca.

Esquadrão suicida conseguiu arrecadar os inacreditáveis US$ 746 milhões mundialmente tornando-se sucesso de público mesmo com as críticas negativas, ultrapassando filmes do gênero como O Homem de Aço e Capitão América: O Soldado Invernal; o longa ocupa a 99ª posição entre as 100 maiores bilheterias mundiais.

O novo filme da equipe de vilões tem sua estreia agendada para 6 de agosto de 2021 e trará o casal Snyder, Zack e Debora, de volta ao Worlds of DC como produtores-executivos e produção de Charles Roven e Peter Safran.

Leia também: