O divórcio tóxico entre os astros de Hollywood Johnny Depp e Amber Heard continuam com a última frente legal mudando para o processo judicial de Depp contra sua ex, pedindo US $50 milhões por supostamente difamar ele com alegações de abuso doméstico.

The Blast, Deadline e People relataram que Depp entrou com a ação contra Heard por uma coluna de opinião que ela publicou, mas não disse quando ou onde ou em qual tribunal a ação foi arquivada.

O advogado de Depp, Adam Waldman, de Washington DC, não respondeu aos e-mails do USA Today. Mas ele e Depp, há muito negam vigorosamente as acusações de que Depp tenha abusado de Heard, afirmando que ela falsificou as alegações de abuso em 2016 e que Depp foi a verdadeira vítima em sua disputa.

“Primeiro ela abusou dele fisicamente, depois abusou de sua reputação”, disse Waldman ao USA Today em dezembro. 

O advogado de Heard, Eric George de Los Angeles, disse ao USA TODAY que ainda não tinha visto o processo, apenas a mídia relata a respeito. Mas ele emitiu uma declaração condenando-a como “frívola” e prometeu que não impediria que Heard falasse mais sobre a violência doméstica. 

“Essa ação frívola é apenas o mais recente dos esforços repetidos de Johnny Depp para silenciar Amber Heard”, disse George em um comunicado enviado ao USA Today. Ela não será silenciada.

“As ações do Sr. Depp provam que ele é incapaz de aceitar a verdade de seu comportamento abusivo em curso. Mas enquanto ele parecer obstinado em conseguir a auto-destruição, nós prevaleceremos em derrotar este infundado processo e acabar com o assédio vil continuado de meu cliente pelo Sr. Depp e sua equipe jurídica.

Em dezembro, Heard,  que havia acusado Depp de espancá-la antes do final do divórcio em 2016, escreveu uma coluna de opinião no Washington Post  lamentando as conseqüências que ela pagou por falar sobre a necessidade de conter a violência doméstica.

Dois anos atrás, ela escreveu: “Eu me tornei uma figura pública representando o abuso doméstico, e senti toda a força da ira de nossa cultura para as mulheres que falam”.

Ela nunca mencionou a estrela de “Piratas do Caribe” pelo nome, mas ficou claro quem e o que ela estava falando, de acordo com o processo de Depp. Sua coluna “depende da premissa central de que Heard era uma vítima de abuso doméstico e que Depp perpetrou violência doméstica contra ela”.

Depp foi envolvido em várias ações judiciais nos últimos anos, incluindo uma contra seus ex-gerentes  e outra contra seus ex-advogados . Ele também está buscando um processo de difamação contra o tabloide The Sun em Londres, onde os processos por difamação são mais fáceis para os queixosos, por chamá-lo de “espancador de esposas” baseado nas alegações de Heard.

Que barra hein?! Parece que essa história envolvendo os dois reconhecidos astros do cinema está cada vez se enrolando mais e tomando proporção maior.

Veja também: Site de vídeos adultos está sendo usado para subir filmes completos

Valdemar Medeiros é escritor best-seller, profissional de marketing, SEO, Formado em Segurança do trabalho, universitário de Publicidade e Propaganda é copywriter. Além de escrever e-books, trabalha ajudando empreendedores e possui uma empresa de criação de conteúdos em expansão chamada SaberTooth - Soluções Digitais, onde tem como objetivo influenciar pessoas e construir negócios mais lucrativos usando o poder das palavras e fornecer conteúdo de qualidade para agências.