“Os Simpsons” terão uma nova casa de transmissão a partir do outono, pelo que parece o novo serviço de Streaming da Disney pretende dominar o mundo. Após a recente divulgação de uma imagem que  simula como será a nova plataforma da empresa, eles começaram a buscar programações para o serviço de Streaming.

Dessa vez  foi o desenho de logo data “Os Simpsons”, de acordo com o site de notícias The Wrap, as primeiras 30 temporadas exibidas no canal de televisão Fox, farão parte da biblioteca da Disney +.

O anúncio foi divulgado na última quinta-feira (11), através das redes sociais, sendo utilizado um vídeo animado com os personagens da comédia animada para a divulgação da notícia. Além disso, no vídeo existia uma faixa que dava as boas vindas, descrito “Welcome Synergy”, estavam também ao lado as estátuas de Bob Iger e Darth Vader, enquanto uma imagem da do Rupert Murdoch da Fox ficava emoldura próximo ao lixo.  

O novo serviço de Streaming tem data prevista para ser lançada no dia 12 de novembro, no valor de US$ 6,99 por mês (moeda estrangeira). Além disso a plataforma contará com vários outros títulos da Disney.

Outras séries que farão parte do novo Streaming estão; “The Mandalorian” de Jon Fareau, os famosos filmes de “Star Wars”, a série adolescente “High School Musical: O Musical: A Série” a animação “Toy Story” e “Forky Faz uma pergunta”.

Além disso outras informações que estão no catálogo da empresa é a série da Marvel Cinematic Universe “Loki”, “WandaVision” e “The Falcon e The Winter Soldier”. A “Diary of uma Presidente Feminina” da mesma protagonista de “Jane the Virgian”, a atriz Gina Rodriguez.

Investimento Disney +

A empresa pretende investir 1 bilhão em conteúdo original até 2020. A Walt Disney espera que o serviço se torne lucrativa para empresa até 2024, as informações partiram do CFO Christine McCarthy.

A princípio a empresa espera ter entre 60 e 90 milhões de assinantes até o ano de 2024, com pelo menos dois terços sendo do exterior.

Outras marcas que serão inclusa no serviço são, Marvel, Pixar, LucasFilm e National Geographic.

Veja também: Disney+ planeja duas novas séries para o universo Marvel