O Superior Tribunal de Justiça (STJ) declarou que é ilegal a cobrança de taxas adicionais por ingressos online em eventos. Por maioria de votos, o STJ percebeu que era desnecessário a taxa cobrada ao consumidor pelas entradas compradas na internet.

A relatora do caso, ministra Nancy Andrighi, disse que quem deve arcar com os custos adicionais pela venda é a própria empresa, não o comprador. A decisão do STJ foi tomada ontem (12). Apesar da notícia, é bem provável que os ingressos fiquem mais caros e/ou as vendas online fiquem mais escassas.

Veja também: The Big Bang Theory | Data do episódio final é divulgada