Parece que as polêmicas em torno do presidente Jair Bolsonaro não param de pipocar. O drama sobre a cura gay, BoyErased, foi cancelado no Brasil e o ator Kevin McHale do filme, veio a público no Twitter acusar Bolsonaro de censura. Veja:

“E assim começa, BoyErased foi banido no Brasil. Bolsonaro é uma perigosa ameaça a comunidade LGBTQ+ no Brasil. Censurando um filme sobre os perigos da terapia da “cura gay” é só o começo”

O presidente da República também respondeu em seu twitter:

Apesar da acusação, a Universal Pictures relatou que não houve nenhum tipo de censura, e que o banimento do filme no Brasil é algo exclusivamente comercial.

Veja também: Filmes proibidos para menores de 18 anos na Netflix