Filme de terror/trhiller, do diretor Mikey Keating, lançado no ano de 2015, tendo no elenco Leuren Ashley Carter (Darling), Sean Youg (Senhora) e Larry Fessenden. A história, dividida em capítulos, começa quando Darling aceita ser a caseira de um apartamento luxuoso da Senhora, que precisará passar alguns dias fora da cidade. Logo no início do diálogo entre as duas o boato sobre uma garota que teria se suicidado naquele apartamento aparece como sendo uma curiosidade de Darling, que obtém a confirmação pela Senhora, a qual prefere cortar o assunto. Nos primeiros dias coisas inexplicáveis começam a acontecer pela casa, principalmente barulhos vindos de um dos quartos que permanece trancado, impedindo o acesso de Darling. A moça aos poucos se sente diferente, vozes a rodeiam ao longo do dia e da noite como se estivessem mandando ela fazer alguma tarefa terrível. Os momentos de lucidez dela começam a ser menores, já não fica claro se Darling realmente sabe o que está fazendo ou se suas alucinações agora fazem parte de sua realidade dentro daquele apartamento.

Todo ambientado nos grandes clássicos do gênero, em preto e branco, contendo uma trilha sonora arrepiante que acompanhada das cenas onde a personagem é mostrada fixa na tela formam todo o momento de tensão e medo do longa. Em nenhum momento o suspense do filme é deixado de lado, bem pelo contrário, ele é intercalado com cenas de violência e de terror psicológico. Mesmo com todo o roteiro contendo poucas falas e interações entre os personagens, o público é levado a desvendar todo o mistério ao mesmo tempo em que eles ocorrem, crescendo junto com a personagem principal com a sequência de coisas terríveis que acontecem.

O que mais chama a atenção desse longa é a simplicidade com a qual foi feito. Uma história simples, bem pensada e muito bem desenvolvida dentro de pouco mais de uma hora e de poucos recursos, sem grandes efeitos visuais. Nenhuma das cenas poderia ser cortada e nada do que poderia ser acrescentado seria de tamanha importância na construção do enredo. Não se vê atualmente essa fórmula dando certo, e quando se encontra algo como esse belo e aterrorizante filme os grandes fãs do gênero terão muitos sustos os quais comemorar.

Trailer do filme:

Anúncio Publicitário