Rio2C 2018 | ”Lendas Urbanas” é a nova aposta da Record TV

0
261
Anúncio Publicitário

Quem quando criança ou adolescente não adorava ouvir e contar lendas urbanas?, quem não morria de medo do homem do saco?, ou de olhar no espelho do banheiro e ver uma entidade loira assustadora? As Lendas Urbanas são parte bem forte da cultura brasileira, e são transmitidas a gerações, de diversas formas. Com esse pensamento, a Record TV anunciou sua mais nova série, apostando no terror: Lendas Urbanas.

Com estréia marcada para setembro, Lendas Urbanas será um grande diferencial na programação da emissora. Em um painel exclusivo na Rio2C®, o diretor Fernando Coimbra (O Lobo Atrás da Porta), a atriz Natália Lage (Vai que dá Certo), o diretor de fotografia Adrian Teijido (O Palhaço) e o diretor executivo Marcos Araújo, a produtora Sentimental Filmes, compartilharam vários detalhes sobre a série e mostraram um vídeo exclusivo do primeiro episódio, A Loira do Banheiro.

Lendas Urbanas vai se aprofundar na dualidade do terror psicológico, onde temas de relevância atual irão se misturar com lendas conhecidas por todos os brasileiros. Composta por cinco episódios, em que cada irá se focar numa lenda específica, com personagens e  situações diferentes, a série pretende prender telespectadores e reformular a forma que a televisão aberta lida com produções do gênero, respeitando a audiência da emissora, e fazendo a empresa se relacionar com os personagens, além de colocar em dúvida a sanidade dos mesmos. Foram divulgados os nomes e as sinopses dos cinco episódios da primeira temporada:

A Loira do Banheiro  Uma menina (Duda Balestero), que após ser escolhida para discursar em sua formatura começa a sofrer pressão da mãe (Rafaela Mandelli) para emagrecer e entrar em um vestido, a partir disso ela desenvolve uma bulimia nervosa, passando muito tempo no banheiro. Só que aos poucos, ela percebe que não está sozinha.

Homem do Saco Uma babá que teve uma criança sequestrada em um trabalho há muitos anos atrás, se vê obrigada a cuidar de seu sobrinho, uma criança difícil e durante o trabalho ela começa a desconfiar que alguém pode estar querendo roubar a criança.

Boneco Amigão – Baseado na lenda do Boneco do Fofão, conta a história de uma mulher, (Natália Lage) que após dar a luz a seu segundo filho começa a perder o controle de sua vida, seus filhos, trabalho, amamentação e vida familiar. Quando sua sogra presenteia o neto mais velho com um Boneco Amigão, as coisas começam a se complicar.

Gangue do Palhaço – Uma socialite desconfia que seu marido, um homem que provoca crimes para fazer sua empresa de segurança crescer, está associado com a lenda da Gangue do Palhaço.

Quadro do Menino que Chora – Um médico de índole questionável dirige um experimento sobre um medicamento controlado, pressionado por resultados ele começa a aumentar a dosagem desse medicamento nos pacientes, e ao ganhar um quadro de uma criança chorando, ele começa a achar que o quadro está trazendo a tragédia para sua vida.

Segundo a equipe, foi sentida uma certa inquietação quanto a gênero de terror no brasil, por ser destinado a um público muito específico, ainda existe uma certa resistência em fazer produções do gênero, e “usar a televisão, pode se quebrar essa barreira, focando na nossa realidade e trazendo uma experiência muito forte para o público“.