Brasileiros vaiam cenas gays em Bohemian Rhapsody

Lançado oficialmente no dia 24 de Outubro nos cinemas do Brasil, Bohemian Rhapsody é um filme que celebra a icônica carreira da banda Queen, um dos principais grupos de rock da história. Confira o trailer abaixo: 

Conhecido mundialmente pela sua voz, Freddie mercury é o vocalista e compositor da banda Queen, e símbolo da força e resistência tanto do rock, quanto dos aspectos concernentes a sua personalidade e individualidades, uma vez que o cantor além de ser conhecidamente Gay, terminou sua vida enquanto vítima de broncopneumonia, fragilizado já pelo HIV, doença que foi fortemente associada aos LGBTS no início dos anos 70/80. Justamente pela representatividade e força pública, Freddie sempre foi associado a uma lista de personalidades LGBT que representaram mudanças efetivas em diferentes áreas do mundo. 

Desde a data de lançamento, algo incomum começou a surgir enquanto rumor em diferentes veículos midiáticos, que apontam a existência de determinados telespectadores que aparentemente estão vaiando as cenas gays do filme. Não só contraditório com a própria carreira do cantor, o gesto também evidencia um posicionamento intolerante, reflexo da crescente onda no Brasil que vai de oposição a promoção de direitos a cidadãos LGBT, algo que ameaça o desenvolvimento progressista do país. 


William Diniz

Um jovem estudante do cinema e de toda a sua complexidade, que se debruça diariamente diante daquilo que mais ama, e se entrega com eloquência a 7ª Arte. Aprendiz de cineasta, amante de uma profusão de diretores e pseudo cinéfilo.

  • cineramaclube
  • cineramaclube
  • cineramaclube
  • cineramaclube
  • cineramaclube
  • cineramaclube
  • cineramaclube
  • cineramaclube
  • cineramaclube
  • cineramaclube
"O cinema é um modo divino de contar a vida"
Federico Fellini

© 2018 Cinerama Clube.

Todos os direitos reservados.

[email protected]

Desenvolvido e Hospedado por Vedrak