Crítica | Homem-Formiga e a Vespa

Um dos mais aguardados filmes do gênero, estreia nesta quinta-feira, 05 de julho, em circuito nacional. (📷Marvel Studios / Divulgação) 

Nesta quinta-feira, dia 5 de julho,  Homem-Formiga e a Vespa chega aos cinemas. O longa-metragem que é o primeiro a ter o nome de uma super-heroína no titulo em toda historia dos filmes da Marvel, vem com força total e essa sequencia definitivamente supera as expectativas.

Após os eventos ocorridos depois de Capitão América: Guerra Civil, Scott Lang sofre grandes consequências, e seu lance com Hope não é mais o mesmo.

A trama não perde tanto tempo se explicando, partindo para a ação e essa escolha do roteiro foi fundamental. Entre  perseguições e lutas, o espectador entende os motivos dos personagens, e as escolhas que o fizeram chegar até aqui.

O ritmo é bom, as coreografias são bem ensaiadas, Hope (Evangeline Lilly) tem seu destaque merecido, mas ainda é ofuscada com a presença de Scott (Paul Rudd) aparecendo eventualmente para ”salva-la do mal”, ainda falta muito (ou até 2019?) para se ter uma super-heroína. Coisa que não acontece, por exemplo, no relacionamento de Scott e sua filha Cassie, que é retratado na tênue linha entre amor fraternal e o altamente piegas, isso funciona? Funciona, pois Abby Ryder é muito carismática e suas cenas são todas muito bem dirigidas. 

O longa ainda conta com alguns vilões, destaque para Hannah John-Kamen e a sua personagem, que está de arrepiar. Uma pena que sem o disfarce a atuação da atriz seja muito caricata. Walton Goggins aparecendo só para ser o ”malvado do crime organizado”, e mesmo com tantos personagens, o final de cada trama é bem satisfatório.

Enfim, você deve está imaginando que se o primeiro ato do filme já começa acelerado, mostrando ao que veio, já se pode imaginar como o terceiro ato termina, não é? A formula do final feliz.  Bom.. não nesse caso. A cena final de Homem-Formiga e a Vespa é um soco no estômago, e tem aquela fórmula Marvel que te faz implorar por uma continuação.

Assista ao trailer: 

Cinema, Disney, Homem Formiga e a Vespa, HQ, Marvel Studios, Super-Heróis


Dani Califórnia

Estudou produção audiovisual e fotografia. O pai era um tira e a mãe uma hippie. É obcecada por paletas de cores e assiste qualquer filme se tiver a Amy Adams no elenco. É um vyado com y e a maior fã de pagode anos 90 desse brasil.

  • cineramaclube
  • cineramaclube
  • cineramaclube
  • cineramaclube
  • cineramaclube
  • cineramaclube
  • cineramaclube
  • cineramaclube
  • cineramaclube
  • cineramaclube
"O cinema é um modo divino de contar a vida"
Federico Fellini

© 2018 Cinerama Clube.

Todos os direitos reservados.

[email protected]

Desenvolvido e Hospedado por Vedrak